Blog

blog

A Boa Sorte, de Alex Rovira Celma e Fernando Trías de Bes

O livro “A Boa Sorte” foi um dos livros indicados para a construção do meu TCC em Coaching Integral Sistêmico, e dentre os vários livros que li, esse trouxe insights de uma leitura incrível e totalmente empolgante.

Uma breve descrição

A Boa Sorte é uma história a respeito de dois amigos que perdem o contato na infância (Vítor e Davi), e que se reencontram cinquenta anos depois, num banco de praça por mero acaso ou coincidência. Espantados, ao se reencontrarem os dois contam sobre os sucessos e fracassos que tiveram em suas jornadas. Davi deixa claro que a sorte lhe abandonou e que sofreu demais em sua vida, perdendo os negócios de sua família. Já Vitor conta que teve uma vida abundante, cheia de experiências extraordinárias e de muita sorte. Ao ver o estado de Davi, Vitor decide contar uma fábula para seu amigo, mostrando a diferença da sorte para a Boa Sorte.

Ficou curioso para saber o desfecho dessa maravilhosa fábula?

Prometo que não darei spoiler do livro, pois convido você a mergulhar nessa linda história e desvendar os segredos da verdadeira Boa Sorte. Vou deixar aqui 5 regras da Boa Sorte.

5 regras da Boa Sorte descritas no livro:

PRIMEIRA REGRA DA BOA SORTE:
A SORTE não dura muito tempo, pois não depende de você.
A BOA SORTE é criada por você, por isso dura para sempre.

SEGUNDA REGRA DA BOA SORTE:
Muitos são os que querem ter a BOA SORTE, mas pouco são os que decidem buscá-la.

TERCEIRA REGRA DA BOA SORTE:
Se você não tem A BOA SORTE agora, talvez seja porque está sob as circunstâncias de sempre.
Para que ela chegue, é conveniente criar novas circunstâncias.

QUARTA REGRA DA BOA SORTE:
Preparar as condições favoráveis para A BOA SORTE não significa buscar somente o benefício para si mesmo.
Criar as condições nas quais os outros também ganham atrai A BOA SORTE.

QUINTA REGRA DA BOA SORTE:
Se você deixar para amanhã o trabalho que precisa ser feito, A BOA SORTE talvez nunca chegue.
Criar as condições favoráveis requer dar um primeiro passo. Faça isso hoje mesmo!

Crie condições favoráveis para alcançar A BOA SORTE, não existe acaso!
Ela dependente exclusivamente de você, então faça a sua própria boa sorte.

Esqueci de falar. Se fizer a leitura do livro A BOA SORTE, você vai encontrar mais 5 regras da boa sorte. O que você está esperando para conhecer essa incrível história?

Artigo escrito por:

Brendon Braz
CEO – Coach Instegral Sistêmico – Formado em Marketing

blog

Cartão de Visitas Interativo

Você sabe o que é um cartão de visitas interativo (ou digital), e quais as possibilidades que ele te dá?

Se você é daqueles que a tecnologia supera formas antigas de alcançar clientes potenciais, como uso de cartões de visita impressos, flyers, folders, etc., esse cartão é totalmente feito para você.

Facilidades para seu cliente

Quando o cliente recebe um cartão de visitas tradicional, ele precisa digitar seu e-mail, quando quiser falar com você. Discar o seu número, quando quiser te ligar. Digitar o seu usuário de Instagram, para conseguir te achar. Colocar seu endereço no Google Maps, para chegar até você. Imagina se você tivesse a possibilidade de reunir todas essas informações, todos esses links digitais num só lugar, onde, com um clique, seu cliente já fosse direcionado para essas plataformas, sem esforço algum?

No cartão de visitas digital, você realiza esse grande feito, com todas as suas características e com designs inspiradores e que chamam atenção do seu cliente. Veja alguns exemplos:

Um uau de possibilidades

Esses são alguns exemplos links possíveis para um cartão interativo:
– E-mail;
– Telefone;
– Whatsapp;
– Celular;
– Facebook;
– Instagram;
– Sites;
E por ai vai!

E aí? Você vai aderir à essa novidade? Fale com a gente.

Artigo escrito por:

Sylvia Braz
CEO – Publicitária – Designer da We Trust

blog

Brainstorm: Você sabe o que é? Você sabe como fazer?

Brainstorm
Traduzindo para o português significa chuva de ideias. O processo de Brainstorming tem o objetivo de captar as melhores ideias, para qualquer finalidade. Seja decidir o nome da sua empresa, uma ideia para um livro. Ou seja, para qualquer coisa mesmo!

O processo

1 – Reúna sua equipe num local agradável: pessoas ativas na empresa com diversos olhares num espaço confortável e criativo tem tudo para dar certo.

2 – Pegue um papel: junto com uma caneta e anote todas as ideias. Você pode usar um quadro, post-its, etc.

3 – Lembre-se: sem críticas. Todas as ideias que tenham ligação com a solução do problema são bem-vindas.

4 – Depois de tudo isso: é a hora de peneirar as melhores ideias para enfim escolher que caminho tomar!

Experimente, é uma excelente ferramenta!

Artigo escrito por:

Sylvia Braz
CEO – Publicitária – Designer da We Trust